Tenho estalos na ATM, mas não tenho dor. Devo me preocupar?

Cliques articulares

Disco "fora do lugar" que retorna à posição ao abrir a boca produzindo o estalo tipo "clic"

A pergunta do título está entre as mais freqüentes feitas aqui no blog e, normalmente, vem acompanhada do seguinte complemento:

” (…) meu dentista disse que só precisaria tratar se tivesse dor.”

No entanto, a situação é mais complexa que simplesmente ter ou não a dor. Por quê?

Porque a dor é apenas um dos sintomas das disfunções da ATM. Geralmente quando escuto uma pessoa me relatar que tem estalos e não tem “dor”, a primeira coisa que pergunto é: que tipo de dor você espera que uma pessoa com disfunção da ATM tenha?

Normalmente, o que acontece é que as pessoas, sejam elas pacientes ou profissionais de saúde, esperam que haja dor na face, nos maxilares ou ao mastigar, mas estas não são únicas regiões do corpo que são afetadas pela disfunção da ATM.  Quando me deparo com esta situação, onde o paciente diz não ter dor, é muito comum que numa rápida entrevista eu encontre queixa de cefaléia (dor de cabeça), que normalmente está sendo justificada por algum outro motivo e sendo tratada como se fosse uma enxaqueca ou uma cefaléia tensional. Além disso, uma grande parte possui também  dores cervicais, fraturas “espontâneas” de dentes ou próteses, abfrações (que são danos na base do dente próximo á gengiva e que produzem  a incoveniente sensibilidade ao frio, escovação, etc.) e, até mesmo, sintomas auditivos como tamponamento e plenitude do ouvido.

De maneira curta e rápida: se você tem estalos articulares existe uma grande chance de você estar com um processo patológico em atividade na sua ATM, especialmente se houver algum desses outros sintomas que mencionei acima (eu expliquei a respeito disso em outro tópico).

Obviamente que é preciso fazer uma cuidadosa avaliação, afinal esses outros sintomas podem ser por causa de outros problemas que não o da ATM, mas o fato é que o estalo indica uma grande possibilidade de haver danos ao disco articular e aos ligamentos da ATM, pois o tipo mais comum destes estalos ocorre quando o disco se movimenta fora de sincronia com o côndilo da mandíbula que, ao sair e/ou voltar para o lugar, gera o som de clique que caracteriza o estalo .

Esse disco é uma estrutura que lembra o menisco do joelho e, de certa forma, ambos possuem várias características em comum. É este disco que impede que haja contato direto de osso com osso, amortece e distribui as cargas mastigatórias dentro da articulação e é também o responsável por espalhar o líquido sinovial, um tipo de filtrado sanguíneo, que lubrifica e nutre todas as células da superfície da articulação, mantendo-a lisa e em perfeito estado de funcionamento.

Com a lesão dos discos e ligamentos, essas propriedades vão se perdendo e propiciando o aparecimento de um processo degenerativo, portanto, os estalos não são tão “inocentes” quanto podem parecer e merecem uma avaliação específica para isso, que é possível hoje com o avanço da odontologia na área de patologia da ATM. Portanto, se você tem estalos, é importante passar por uma avaliação mesmo que aparentemente você não tenha dor, pois além de outros sintomas, pode ser que haja um processo patológico em andamento que venha a lhe prejudicar no futuro.

Fique esperto!



Comentários postados (106)

Dr. Marcelo, são muito interssantes seus textos sobre ATM.

Preciso de sua ajuda, pois estou procurando um espcialista nesta aea ha aproximadamente um ano.

Fui diagnosticada com ATM por um bucomaxilo, pois sinto muitas dores de cabeça, (do lado esquerdo), zumbido no ouvido, dores no pescoço (do lado esquerdo), estalos ao falar..etc…

Ao realizar o rx panoramica veio o susto!
tenho os 4 sisos que nasceram perfeitamente e 3 extranumerarios (quarto molar) que estão atras dos sisos (inclusos).

enfim… tenho 7 dentes a mais que o normal…
Por fim, todos os dentistas dizem que tenho maloclusão.
Olhando o meu sorriso o alinhamento eh perfeito, retinho, mas os dentes de cima parece que não encaixam om os de baixo.

O pior de tudo eh que cada dentista tem uma opinião, e aconselham: a placa ou a extração dos 3 quarto molares ou aparelho ortodontico.
Gostei muito do seu site e sua opinião eh muito importante.

Gostaria muito de saber:
*O quarto molar influencia na atm,
*Se extrair os 3 quarto molares que possuo melhoraria em algo,
*O uso imediato de aparelho prejdicaria em algo.
Li todos os seus textos, mas não vi nada sobre quarto molares e a ATM.

Priscila

Os sisos e os quartos molares não tem nenhuma relação causal com a disfunção da ATM, no entanto podem provocar dores faciais se estiverem inflamados ou infectados, numa condição conhecida como pericoronarite. Extraí-los, talvez valha a pena ( dependendo de uma avaliação clínica) para evitar uma possível pericoronarite.
Quanto ao uso do aparelho, o que isso irá fazer é alinhar os dentes de maneira estética, o que pode ajudar ou não com o problema na ATM.
Em realidade, o que precisa ser feito é iniciar o caso pela ATM, fazer um diagnóstico diferencial do que, de fato, está acontecendo de errado na articulação e estabelecer um tratamento dirigido especificamente para o restabelecimento da saúde articular, posteriormente, as demais questões dentárias podem ser tratadas também.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

Qual o medico que devo procurar para realizar tratamento

O dentista especialista em DTM e dor orofacial ou um dentista de outra formação, até mesmo um clínico, que tenha experiência em ATM ou algum grau de formação em patologia da ATM.

Bom Dia Doutor

Tenho 19 anos e a uns 15 dias venho sentido uns estalos do lado esquerdo do maxilar, não sei o porque isso está acontecendo, faço usso de aparelho fixo a 1 e meio e a 1 mês estou usando um aparelho tmbém fixo no seu da boca (um tipo de aparelho para não perder o espaço ), faço uso deste pois meus dois caninos na parte de cima são de leite, um dele minha dentista já estraiu, pois o canino permanente já nasceu atras, mais o outro não arranquei ainda, pois o permanente não nasceu, vendo na radiografia ele se encontrar dentro do osso, algo assim.
Quando eu coloquei o aparelho fixo eu não sentia nada de estalo, mais quando eu coloquei o aparelho no ceu da boca eu senti se como minha boca estivesse trancada, não sei se era pq eu não estava acostumada, eu tenho por mim que talves este aparelho no ceu da boca esta fazendo com que eu escute este estalo. Outra observãção que eu tive que pode ter cido que na hora de eu bocejar tenha abreto a boda demais. e em conversa com a minha dentista ele disse que pode ser ambas as coias que descrevi com pode ser pelo fato de ele ainda estar movimentando os dentes para arrumar ou então seja também emocional, pois sou uma pessoa muito nervosa, me stresso a toa.
segunda agora dia 08/08/11 eu retornei ao dentista para ele ver como estava indo a cicatrização do dente, disse que esta tudo normal, e ela me perguntou sobre se o estalo tinha parado pois ele disse que se eu tomasse dorflex talvez isso poderia cessar mesmo se eu não estivesse sentindo dor, mais eu falei pra ela que eu tinha tomado o remedio mais ainda havia estalo, então ela disse que uando eu voltasse para fazer a manuntenção e que se caso não tivesse para do os estalos ela iria tirar o aparelho da parte de baixo e colocar uma placa miorelaxante algo assim.
com base nisso será que estou sofrenso de problemas na atm mesmo que eu não sinto dor, como devo procedor. no aguardo

Letícia, tudo que eu lhe edscrever aqui, será uma repetição do texto deste tópico.

atenciosamente,
Marcelo Matos

Olla.

Meu maxisilar estrala a muito tempo ja, fiquei sabendo que tem o risco
De perder os movimentos do maxisilar apos a gastura do disco tenho 18 anos.
Tenho dor de cabeça em espesifico na nuca diariamente zumbido nos ouvidos.
E desconforto confesso que fique assustada, e vou procurar um dentista mais pelo sus nè entao quer disser que vai demorar muito.
Posso ter muitos poblemas futuros.

Obrigado.

Marcelo, sou sua colega e recebi em meu consultório um bebê de 6 meses aonde a mãe relatou “estalos” frequentes sem associação de dor.
Gostaria de saber se vc tem algum caso semelhante e qual sua conduta?
Obrigada

Olá Patrícia

Tive dois casos similares e em um deles, uma bebezinha de 4 meses, consegui descobrir que ela tinha sido derrubada no parto, inclusive consegui as imagens que fizeram no hospital, de modo que pudemos concluir que foi uma lesão traumática. O outro caso, fiquei limitado ao diagnóstico clinico e sem imagens pela limitação da idade do paciente (1 aninho).

Em ambos, a conduta foi apenas orientação especialmente com relação a manutenção de atividades funcionais da mandíbula (amamentação, mastigação, brincadeiras com a criança estimulando caretas com variados movimentos mandibulares, etc) afinal não há protocolo “oficial” para esse tipo de situação. O segundo ponto, foi alertar os pais, para observar sinais e sintomas precoces de osteoartrites/osteoartroses que possam surgir (enisinei a eles a fazerem um exame “básico” de ATM). É fato conhecido através de relatos de casos, de que em crianças, a capacidade de remodelação dos côndilos pode permitir que tudo siga funcionando normalmente. No entanto esse alerta aos pais poderá ajudar a perceber precocemenete situações que se não forem tratadas (coisa que poderemos fazer quando essa criança chegar aos 4, 5 ou 6 anos de idade) poderiam levar sequelas esqueléticas e ao aparecimento de dores.
Se preferir, entre em contato comigo pelo número da clínica (71) 3248-4434 que falamos sobre o tema.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

DR. um certo dia do nada senti dificuldade em abrir a boca e não consiguia mastigar direito ,a articulação que faz esse movimento ficou dias muito dolorida , agora melhorou a dor mas ainda sinto um pouco de dificuldade em abrir bem a boca e quando abro sempre estala, e tem uma pequena elevação na frente do meu ouvido direito. O que e isso doutor? me ajude

Genilce

Isso indica que mesmo a dor tendo melhorado, ainda pode haver problema em sua ATM, além disso, muitas vezes quando a dor na ATM diminui, mas a limitação permanece, ocorre um aumento das dores de cabeça… O melhor é você procurar um dentista com experiência em patologia da ATM para fazer uma avaliação.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

Olá Doutor!!
Preciso de sua ajuda. Há umas duas semanas mais ou menos fui ao dentista e fiz algumas restaurações, e fiquei muito tempo com a boca aberta, e notei que duas delas ficaram altas. Além das resturações, foi colocado uma borrachinha separadora entre dois dentes, para outra restauração e meus dentes também ficaram muito doloridos. Desde então tenho sentido estalos ao abrir muito a boca ou ao mastigar. Voltei ontem ao dentista,e ela tirou a borrachinha, e fez o procedimento, e também pedi p ela baixar as restaurações. Comentei c ela dos estalos e ela me receitou Tandrilax. Esses estalos podem ser sintomas de Atm e podem ter como causa um desses fatores que relatei? Se sim, o fato de tê-los sanados faria desaparecer esses sintomas? E esse medicamento ajuda realmente nesses estalos?

Obrigada pela atenção

Michele

Você perguntou: “Esses estalos podem ser sintomas de Atm (…)?”

Sim os estalos (não todos) costumam ser sintomas de disfunção da ATM.

“(…) podem ter como causa um desses fatores que relatei? “

Sim, é possível. Mas é bastante difícil comprovar isso, pois há outras possibilidades como, por exemplo, o problema já estar lá e apenas ter sido desencadeado durante o procedimento.

” Se sim, o fato de tê-los sanados faria desaparecer esses sintomas? “

Não necessariamente, pois depende do que exatamente aconteceu com a estrutura. Por isso o melhor é fazer uma avaliação com um dentista que tenha experiência em patologia da ATM e poderá estudar o que , exatamente, aconteceu.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

Dr. O que eu devo fazer para parar de ter esses ” estalos ” ? tenho 15 anos e a aproximadamente 1 ano venho percebendo esses ” estalos ” no maxilar ao abrir e fechar a boca, mais não sinto nenhum tipo de dor frequente que possa ser causada por esse problema. Abraços!

Carlos, dentro da articulação da mandíbula existe uma espécie de menisco que se chama disco articular. Essa estrutura é quem permite o correto funcionamento d articulação e quando há algum problema, os estalos aparecem. Assim, para resolver os estalos é preciso descobrir que tipo de lesão ocorreu e a causa, para poder revertê-la ou controlar a situação.

Att.,
Marcelo Matos

Olá Dr. Marcelo,

Estou com medo. Na verdade sou muito medrosa com essas coisas.. Estou com um estalo enorme na minha mandíbula, e essa semana vinha sentindo uma sensação de sensibilidade nos dentes perto da gengiva. Além disso, de uma hora para outra comecei a sentir dor em frente ao ouvido direito. Já haviam me dito que era ATM, mas antes não doia, mas vez ou outra ficava dificil de falar direito e estou preocupada pq sou professora. Tentei ligar para a clínica da dor hoje, deixei meu nome e meu telefone, pq não sei quem procurar para fazer um estudo do meu caso e tentar resolver. Estou sem saber o que fazer.

Obrigada,

Emília

Emília, em que cidade você está?

Dr.
Eu tenho 22 anos e a mais ou menos 1 ano tenho problemas na mandíbula. Ela começou a estalar e a sair do lugar. Tenho muitas dores no pescoço, cabeça e mandíbula. Eu não retirei os dentes siso e eles inflamam constantemente, será que o dente siso esta causando esse problema? Estou com muito medo, já não posso mais bocejar e nem me alimentar direito. Mesmo quando estou apenas falando o maxilar estala e sai do lugar.

A Giovanna

As dores do siso e da ATM são duas “dores” diferentes.

Att.,
Marcelo Matos

Bom dia Doutor Marcelo

Faz três dias que estou com estalos no maxilar quando mastigo, mas não sinto dor
A dois anos atrás eu cai sentado de uma escada , depois desse dia eu fiquei com facilidade de estalar o maxilar mas só quando eu queria, mas agora esta com freqüência quando mastigo.
O que devo fazer?

Francisco, possivelmente você tenha machucado algum ligamento da articulação. Procure um dentista especialista em DTM para fazer uma avaliação.

Att.,
Marcelo Matos

estou com limitação em abrir a boca , derrame na atm e indicação de c irurgia para recolocar o disco .o que faço

Fernanda, procure outro dentista para ouvir outras opiniões. De preferência de especialistas em DTM.

Att.,
Marcelo Matos

Doutor,existe de fato uma cura para a ATM,e existe solução para que a maxila pare de estalar sem que esse problema seja percebido em radiografias panorâmicas?Qual a eficiência das radiografias panorâmicas comuns no diagnóstico dos problemas da ATM?Tenho apenas estalos no lado esquerdo do meu maxilar,desconfio que seja atm,porém não sinto esses sintomas citados pelo senhor,gostaria de saber sua opinião,desde já agradeço

André, radiografias panorâmicas são muito limitadas para detectar problemas na ATM, pois não são exames específicos para isso. Apenas grandes alterações de forma das articulações são percebidas na panorâmica. Existem exames muito mais precisos para esse tipo de investigação.

Se há estalos, há a possibilidade de haver danos articulares que podem ou não vir com sintomas. Eu utilizei o termo “possibilidades” pois nem sempre o estalo percebido pelo paciente é originário de danos no disco e nos ligamentos da ATM, circunstância em que, de fato, mesmo sem dor, podem ocorrer problemas a longo prazo como processo degenerativo e travamento da mandíbula.

Att.,
Marcelo Matos

DR. Marcelo boa tarde,

Ha mais ou menos 1 ano e meio para 2 anos estou com sintomas da ATM, bem, no momento nao doi, mais tem uma especia de ruido ao abrir bem a boca e estou ha mais de 1 anos com zumbino e sensaçao de tapamento no ouvido direito. A pergunta é…qual o tratamento e se nesse tratamento posso voltar a ouvir normalmente depois, pois fiz um exame e mostrou que minha audição reduziu uns 40%.

grato.

Alexandre, alguns estudos apontam uma possível relação entre certas perdas de audição e disfunção na ATM, mas não é fácil determinar clinicamente qual caso podemos relacionar uma coisa com a outra. Um dentista especialista em DTM, em tese, deve ter o preparo para avaliar esse tipo de coisa e buscar indícios desse tipo de relação entre os problemas (se houver). Marque uma consulta e leve seus exames otológicos.

Att.,
Marcelo Matos

Olá Doutor, há um mês fiz a cirurgia para a extração dos sisos, senti dores no ouvido, que era uma inflamação nos ligamentos da atm.
E agora estou ouvindo estalos na atm, devo ou não procurar o dentista novamente? não estou sentindo dores de cabeça.
obrigado doutor, até mais!

Bruno, o texto desse tópico não responde a esse questionamento?

Doutor eu esqueci de falar, mas os estalos não são frequentes é só quando tento passar a lingua nos locais da cirurgia.

dr moro no exterior ,estou alguns anos com problemas na atm,
fui ao medico aq ,disse q esta com infecção e receitou apenas remedio de dor, estou com muita dor ,mesmo assim mal consigo comer ,a cirurgia resolveria meu problema?

Bruna, se há infecção é preciso resolver com antibióticos. Se houver edema e pus, aí sim uma drenagem cirúrgica pode ser utilizada.

Olá Dr Marcelo.Há mais de um ano,em um momento de grande Stress,minha mandibula travou.Ao tentar abrir a boca houve um estalo e dor na articulação junto ao ouvido.No dia seguinte,um grande zumbido apareceu(com variadas intensidades,conforme o dia).Já fui a diversos especialistas(otorrinos,neurologistas entre outros) sem nenhum resultado.Exames de RM,ARN de mastoides e cervical não mostraram nenhuma anormalidade siguinificativa.Seria o caso de consultar um dentista para pesquisar uma DTM?
Obs:O “gatilho” para o referido zumbido é sempre ao acordar e/ou fazer exercicios com o pescoço(Sim/Não/Talvez).
Se o Senhor puder me orientar,ficarei eternamente grato.

Christiane

Se ocorre zumbido ao fazer exercício para o pescoço é preciso então pesquisar uma possível compressão da artéria vertebral e de lesões cervicogênicas específicas. Bons neurologistas e angiologistas podem fazer isso, mas é sempre uma situação difícil de pesquisar.

Quanto à DTM, se houve um travamento da mandíbula e estalo é bem provável que haja sim um problema na ATM que precisa ser pesquisado. Quanto a não haver aparecido nada nos exames, imagino que esteja falando dos exames de crânio, pois se forem RM de ATM, com a descrição que você mencionou é muuuuuito estranho que não “apareça nada”.
Portanto, procure um dentista experiente em patologia da ATM para fazer uma avaliação.

Att.,
MArcelo Matos

olá bom dia
bom tenho 15 anos e desde 2007 eu tenho tido esse problema de DTM,pois todos os sintomas eu tenho,menos a dor.
tenhos estalos quando engulo,as vezes até quando falo,quando,ando,enfim,quando movimento a cabeça,antes não chegava a ser um ‘estalo’ mas agora é,além disso meu ouvido vive tampado,depois de um tempo,de algumas horas melhora.
Será que eu DTM mesmo?Qual o tratamento,é realmente preciso a cirurgia?

Maria, para saber se é mesmo DTM precisa passar por uma avaliação, especialmente por haver muitos tipos diferentes de DTM. Quanto ao tratamento, não dá para dizer pois ainda não há um diagnóstico… Você já foi em um especialista em DTM?

Att.,
Marcelo Matos

Boa noite Dr. a região afetada pela ATM pode ficar inchada ? como se tivesse caxumba ?

Claudiomiro, sim, pode.

Boa noite, sou um jovem que tem problemas de atm, durante 3 anos tive dores nos ouvidos ,devido a uma má oclusao, usei uma placa de relaxamento para aliviar as dores do ouvidos, e alivou o problema é que fiquei com estalos no ouvido quando engulo ou movimentos a mandibula..será que isso do estalo vai melhorar? ou ficarei com estalo para sempre?

Atenciosamente,

PS. Uso sempre a goteira de relxamento para nao ter as dores nos ouvidos ,mas o estalo nao desaparece,segundo a especialista disse que o o estalo ja estava quando tinha dores nos ouvidos,mas a dor era maior e nao prestava atençao ao estalo,agora que as dores no ouvido desapareceram o estalo ficou e a a cada 5 segs sinto o estalo quer a comer a falar ou movimentar a mandibula.. gostava de ouvir a sua opiniao! qual a melhor solução?abraço

Sílvio

Se ocorrem estalos, é provável que haja algum tipo de dano em estruturas
internas da articulação como ligamentos e disco. O que pode acontecer se
isso não for tratado é que com o tempo o problema vai se agravando e pode
evoluir para um travamento da mandíbula, com processo degenerativo articular,
independente de ter dor ou não.

Para tratar isso, é necessário primeiro verificar o que causou a lesão, a
extensão dos danos e então planejar um tratamento que, via de regra, não é
com ortodontia, não.

Consulte um especialista em DTM e dor orofacial ou um que tenha formação em
Patologia da ATM.

Att.,
Marcelo Matos

Sílvio, primeiro é preciso saber se os estalos são mesmo da ATM, pois o ouvido pode produzir estalos independente da ATM. Em se for da ATM, vale as considerações que fiz em sua outra postagem.

Att.,
Marcelo Matos

No meu caso doutor é o seguinte.. eu tenho ma o oclusão , so sinto a boca bater de um lado da cara..fiz uma correçao com aparelho seis meses.. mas nao resultou.. e meteram coroas para tentar equilibrar o maxilar.. resultado fiquei com dores nos ouvidos tres anos..fui procurar um especialista em atm e oclusao.. onde disse me como aparelho nao ia resultar.. entao a hipotese foi a placa de posicionamento e relxamento ,axo que é a msma coisa.. onde faço alinhamento de 3 em 3 meses ..e aliviou a dor dos ouvidos… sem duvida, de facto é que fiquei com uns estalos de 5 em 5 segs..a propria especialista nao sabe se isso desaparece, pq diz que isso é uma lesao no condulo, segundo ela diz a placa serve pra aliviar a dor , é como quem fratura o joelho e usa uma muleta ..a minha questão é a seguinte.. segundo a minha especialista em oclusao e atm que sou seguido a dois anos.. diz que consegue aliviar as dores mas nao conserta ossos e os estalos sao uma consequencia dos má oclusao ,ou seja, disse como tinha a mandibula desiquilbrada e agora ta equilibrada e como tinha o endema ficou o estalo.. e agora pergunto nao é possivel equilibrar oclusao pq sinto so bater de um lado a boca e a lingua vai sp lá? e para final q tipo de medicamentos se pode dar para aliviar o estalo? ja que a minha médica diz que todos os pacientes que tem dor no ouvido e usam placas de relaxamentos ficam com estalos e vivem com esses estalos ou entao sao encaminhado para um psiquiatra para ajudar a viver com esses estalos..no ouvido .. fazendo um tratamento.. é possivel? que sugestão me dá ou tecnicas pra aliviar o estalo ?uso a goteira pra dormir…obgdo pela sua atençao dispendida..
att.

Doutor Boa noite, então eu tenho 23 anos, e a 3 dias estou sentindo etralos quando eu vou abrir a boca para mastigar, ja li diversos topicos seus com bastante atenção, ja procurei um especialista aqui na minha area moro em Campinas – SP, mas elé so podera me atender no dia 01/07 , mas estou com muito medo,stressado, sabe ta refletindo no meu trabalho afinal é uma lesao no rosto, eu quero saber do senhor se tem cura? e se eu não posso ser atendido com urgencia?

Dr.Boa Noite
Minha mãe sofre de dor de cabeça e dor no ouvido indo ao dentista o mesmo falou que ela sofreu um desgaste na articulação temporomandibular e osso, devido ao mal uso ou defeito de protese dentaria ao longo dos anos.Ele solicitou uma radiografia e diz que é caso de cirurgia mas que os custos seriam altissimos.Minha mãe não tem muitos recursos financeiros e aqui onde moro tem poucos especialistas o que devo fazer? A cirurgia é a melhor solução para esse tipo de desgaste? Muito obrigado.

Marcelo

Duvido muito que a cirurgia resolva “desgaste” na articulação temporomandibular… Procure um especialista em DTM.

At.te,
Marcelo Matos

Dr.Marcelo

meu problema começou com um zumbido pulsante e um pouco de abafamento nos ouvidos.Fiz audiometria e exames de labirintite e nada de anormal.
Lendo artigos na internet cheguei a este artigo.
Os sintomas perduram até agora, 2 meses.
Sinto a região abaixo dos ouvidos inflamadas e doloridas e quando aperto abaixo dos ouvidos o zumbido diminue.Baixando a cabeça ou fazendo algum esforço o zumbido piora.
O sr.acha que posso estar com um problema de atm?
tenho mania de roer as unhas,apoiar a mão no queixo,domir sem travesseiro,apoiar o ombro com o telefone.Estas manias pioram a atm?
obrigada

Dr Marcelo, achei o seu texto interessantíssimo e aproveito para lhe fazer uma pergunta: tenho 15 anos e á 3 dias que sinto um estalo do lado esquerdo da boca, mas é so mesmo do lado esquerdo, eu sinto o estalo quando mastigo e quando “rodo o queixo para os lados”. eu queria saber se tenho mesmo uma DTM ou se pode ser outra coisa pois não costumo mascar pastilhas elasticas nem forçar muito os dentes. Responda pf. ando a ficar preocupado.

Carlos, há diferente motivos para estalos, como por exemplo um descompasso entre o movimento do disco articular e o côndilo ou quando o côndilo passa pela eminência. Alem disso, ambos os casos podem afetar de maneira distintas o funcionamento mastigatório e muscular, de modo que determinar se você tem ou não uma DTM implica saber que tipo de estalo é esse que você tem e que tipo de prejuízo pode ou não estar causando. Nesse sentido, é preciso uma avaliação com um profissional.

Att.,
Marcelo Matos

PQ APAGO A MINHA DÚVIDA????

Olá Carla, ninguém apagou não. Estou vendo a sua outra mensagem aqui na página administrativa do blog. As mensagem precisam ser aprovadas antes de irem ao ar, pois há muitos spam automáticos da internet.
São muitas mensagens por dia e, em função de questões pessoais, fiquei com pouco tempo para responder todas de imediato. Aos poucos todas serão respondidas.

Abs.,
Marcelo Matos

Dr. poderia então responder a minha pergunta?

Há cerca de 6 meses sofro com zumbido no ouvido, dores de cabeça… Procurei um especialista em atm e ele solicitou uma RM, neste exame constou subluxação anterior do disco articular esquerdo, discreto derrame articular bilateral e discreta hipoexcursão dos condilos mandibulares. Logo de cara ele já solicitou a artroscopia, esse seria o método ideal ou usando o imobilizador e fazendo fisio já não seria o suficiente?
Grata!

Carla

Reflita um pouco, será que o disco articular tem vontade própria? Será que ele disse assim: “vou luxar para complicar a vida da Carla”?

A luxação do disco e demais lesões encontradas são causadas por ALGUMA COISA, e é essa “alguma coisa” que precisa ser descoberta pois é isso que irá determinar o tipo de tratamento mais adequado. Fazer fisioterapia e artroscopia pode ser bom ou ruim dependendo dessa resposta.

Att.,
Marcelo Matos

Olá Doutor, corrigindo, o correto é subluxação… acredito que haja uma diferença p/ luxação!!! Segundo o dentista estes problemas podem ter surgido por diversos fatores, um deles por ter utilizado aparelho ortodôntico por muito tempo!! Além da ressonância, radiografia, moldes e tomografia tem outro diagnostico para descobrir o motivo dessas causas?
Obrigada.

Carla, sim subluxação e luxação são coisas parecidas mas que tem diferenças entre si.
Quanto à causa, os exames de imagem que você citou permitem que o profissional veja as lesões nas estruturas da ATM e a extensão delas. Para saber a causa, é necessário associar isso à história da doença do paciente e mais os exames que forem necessários (às vezes, alguns de laboratório). A partir daí é que se define o tipo de tratamento.

Att.,
Marcelo Matos

Oi Dr° Marcelo

Uso aparelho ortodôntico a 6 anos e há dois meses estou sofrendo muito com uma dor na dentição 26,27,36 e 37 esquerda, somente nesses dentes. Já fiz uma radiografia e não foi constatado nada de errado com essa dentição.Não estou conseguindo usar nenhum fio que é posto quando faço a manutenção mesmo o fio mais leve está causando muita dor em todo lado esquerdo da minha face,nesse momento não estou usando nenhum fio pois não consigo suportar essa dor e também nenhum analgésico que tomo tem efeito. O que será isso? Será que essa dor está sendo causada pelo fato de usar aparelho a muito tempo deixando então essa dentição sensível?
Muito obrigada!

Regiane, muitas coisas podem causar isso… Por exemplo: Excesso de resina em bráquetes e anéis ortodônticos que gerem acúmulo de alimentos e inflamação da gengiva, distância entre os dentes com perda de ponto de contato, lesões no próprio dente que deixem áreas de dentina exposta… Enfim, um bom clínico e/ou talvez um periodontista possa lhe ajudar.

Att.,
Marcelo Matos

Olá doutor!
Sempre tive estalos, mas pensava que não era nada… Como eu iria usar aparelho ortodôntico a dentista recomendou a retirada dos meus cisos. Após a cirurgia, além do inchaço extremo (que é um sintoma considerado normal após a retirada) eu perdi totalmente o movimento de abre e fecha da boca, não conseguir de jeito nenhum fechar a boca e nem movimenta-la, como se ela estivesse travada realmente, sentia muita dor no local também, e na região da cabeça, ouvido, e face. Eu pensei que era algo normal por causa da cirurgia e que isso iria passar, pensei até que era pelo fato de eu estar comendo apenas coisas mais molinhas e liquidas por causa da cirurgia, então após uns dias voltei ao cirurgião, ele me comentou que poderia ser ATM, mas mandou eu fazer sessões de fisioterapias, fiz algumas sessões, e o meu movimento de abrir e fechar a boca voltou ao normal, a dor diminuiu, então acabadas as sessões, após alguns dias, o inchaço voltou, acordei certo dia com a buxexa inchada e com dor, sem movimentos de movimentação da boca, fiquei bastante assustava, procurei um especialista em atm, ela mandou eu usar uma plaquinha na arcada superior, durante 24 hrs por dia, para voltar a movimentação ao normal, e mais tarde outro placa, porém essa apenas a noite para dormir, era como se a minha mandíbula voltasse para a zona de conforto enquanto eu estava com a placa. Após um tempo usando essa placa para dormir, voltei a médica da ATM e ela me deu alta para usar o aparelho ortodôntico pois disse que a minha ATM já estava curada. Porem, eu estava com medo de já colocar o aparelho, pois ainda sentia dores, porém nao sentia mais estalos, e havia dores de cabeca, ouvido, zumbidos, mas a minha abertura estava quase normal, nao totalmente normal como era antes, mas havia melhorado bem. Parei de usar a placa a noite por uns dias, e a miha dor na cabeca, face e ouvidos dimunuiram bem, talvez precisasse regular melhor a placa, lixar algo assim, pois eu acho que com o passar do tempo ela estava já nao estava mais adaptada para a minha boca, pode ser que seja isso? Hoje em dia, coloquei o aparelho ortodontico na arcada de baixo, daqui um mes, colocarei na de cima, a médica da ATM disse que por eu ter a mordida cruzada, pode ser que com o uso do aparelho acabe ajudando até na mandibula, pois corrigira minha mordida, realmente isso tem relacao? Será que eu nunca mais terei uma abertura da boca normal como era antes? O que eu posso fazer para ajudar a relaxar minha face quando sinto dor ? E, os zumbidos, como ajudar?
Obrigada, beijos

Hanna, é relativamente simples saber se sua ATM está ok, basta fazer novos exames de imagem específicos e verificar qual o efeito que o tratamento teve sobre a ATM. Converse com seu dentista da ATM.

At.te,
Marcelo Matos

Ah, e esqueci de relatar que de vez em quando sinto gostos estranhos na boca, nao sei muito bem dizer do que é, do nada sinto gostos de metal, ferro, algo assim… sao gostos que eu sinto do nada e me incomoda. isso é um sintoma?

Hanna

Gosto metálico na boca não é sintoma de disfunção da ATM, não. Mas pode, eventualmente, ser de outras doenças. Relate isso para seu médico!

At.te,
Marcelo Matos

Há coisa de quinze dias comecei com dores de cabeça e cada vez que mastigo começam os estalos do lado direito.Comecei também com zumbidos no ouvido direito que são constantes e perdi alguma audição no ouvido esquerdo.Há certos ruídos que não ouço e quando uma pessoa está a falar se tapar o ouvido direito ouço a voz da pessoa distorcida.Fiz um exame auditivo e deu igual ao que fiz em 2010,o que é certo que não ouço da mesma maneira.Se houver água a correr de uma torneira ouço bem,se for um ruído de um exaustor não consigo ouvir.Sinto constantemente no ouvido esquerdo o coração a bater O que será que eu tenho,Será que a minha audição voltará ao lugar?Obrigado.

Fernando

Se houver uma perda auditiva condutiva ou “aérea”, há uma pequena chance de ter relação com a ATM. Neste caso, o passo seguinte seria avaliar a ATM também já que o ouvido você vem avaliando com o otorrinolaringologista.

At.te,
Marcelo Matos

Gostei muito de ler as opiniões do Dr. Marcelo Matos e estou esperando com ansiedade uma resposta.Muito obrigado.

Olá Dr.

Me chamo Luisa e acabei de completar 20 anos de idade no mês de Dezembro. Há algum tempo tenho sentido estalos ao abrir a boca, porém sem dores. Às vezes, sinto uma leve dor na parte lateral do rosto, que se espalha para as têmporas, olhos e ouvidos. Quando abro muito a boca, meu ouvido esquerdo “tampa”. Tais sintomas podem estar relacionados à ATM?
Obrigada!

Luisa.

Luisa, sim podem…

Boa tarde minha filha tem 11 anos e ultimamente ela esta tendo essa dor assim que ela abre a boca estrala e ela me falou que a dor é muito forte mais eu pensei que era uma dorsinha que passa mais daki a diante a dor não passou e então pesquisei no google essa dor e descobri que era ATM, mais aki esta dizendo que apartir dos 30 anos a pessoa vai ter sera que tem possibilidade de ela ter ATM? devo procurar o dentista ? me respondem por favor Grata!

Gabrielle

Ao contrário do que muitos dentistas pensam, problemas nas ATM de crianças é bastante comum e é, inclusive, causa de várias alterações de crescimento e desenvolvimento da face e dos maxilares. Alguns exemplos de alterações faciais que podem ser causadas por artropatias temporomandibulares (ou seja, doenças da ATM) são:

1. Retrognatismo, que é quando o queixo fica muito pequeno e “para trás”. Isto ocorre quando as duas articulações temporomandibulares (ATM) são afetada ao mesmo tempo durante o crescimento

2. Assimetria , que é quando o queixo fica desviado para um dos lados. Isto ocorre quando uma ATM é mais afetada que a outra

3. Prognatismo, que é quando o queixo fica muito para frente, passando da arcada superior e invertendo a mordida. Isto ocorre quando há um crescimento exagerado dos côndilos associado a certas alterações de posicionamento da língua que modificam o padrão de crescimento dos maxilares

4. Mordida aberta, que é quando os dentes de trás se tocam mas os da frente ficam afastados. Isto é muito comum em processos degenerativos da ATM, que pode inclusive ser um dos primeiros sintomas de doenças como a artrite reumatóide juvenil.

5. Atresia das arcadas, que é quando as arcadas ficam pequenas por não desenvolverem direito. Isto é muito comum quando algum problema na ATM produz um desconforto mastigatório, que faz com que os músculos diminuam os estímulos nos ossos dos maxilares. Muitas vezes, a criança não sente dor propriamente dita, ou sente mas não consegue verbalizar (especialmente as as crianças menores) e manifesta como refugo de certos alimentos, “preguiça” para mastigar alimentos mais duros e preferência por alimentos líquidos, e pastosos.

Esses problemas na ATM são muito comuns, muito mais do que se imagina e até pode confundir os profissionais da área, que acabam atribuindo a maior parte desses problemas a hábitos, como o da mastigação unilateral, por exemplo.

É claro, que esses problemas que eu listei, não são frutos apenas de artropatias temporomandibulares, por exemplo o retrognatismo, assim como o prognatismo podem ser frutos de doenças congênitas, distúrbios de desenvolvimento de origem sistêmicas ou podem ser simplesmente um padrão facial familiar, ou seja, uma característica genética. De igual maneira os casos de mordida aberta e as atresias, podem ser por problemas relacionados à língua e à respiração, dentre outras possibilidades.

Assim, o melhor é você procurar um dentista que tenha experiência em patologia da ATM e também em ortopedia crânio mandibular.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

Olá Dr. Marcelo!
Tenho DTM e a 10 dias não consigo abrir a minha boca. Senti algumas dores perto da sobrancelha direita, lado em que a trava existe. Fui ao ortodontista, e a médica me receitou um relaxante muscular, que ainda não deu resultado, e pediu uma documentação ortodôntica (raio-x e as fotos), mas algumas fotos não podem ser tiradas, já que minha boca não abre completamente. Nunca fiquei tanto tempo assim sem abrir minha boca. Somente duas vezes aconteceu de travar e se estender por mais tempo, tempo este que era somente um dia. Das primeiras vezes, passava em questão de minutos ou horas, mas desta vez permaneceu por muito mais tempo. Como estou assim já a 10 dias, comecei me preocupar. A DTM pode ser permanente ou minha boca voltará a abrir?

Nayla

Travamento da boca envolve um tipo de investigação bem específica. Primeiro, pela própria anamnese , já é possível fazer algumas suposições e, segundo, pelos exames de imagem é possível verificar se o problema está dentro da própria ATM ou fora dela em estruturas vizinhas. Os exames utilizados para isso necessitam ter a capacidade de mostrar os tecidos moles de dentro da articulação da mandíbula e também os detalhes ósseos da anatomia ao redor da área travada. Entretanto, esse tipo de exame não costuma fazer parte, na maioria das vezes, das documentações ortodônticas. Se certifique com seu dentista se a avaliação está sendo feita no sentido de descobrir a causa do travamento ou para estudo de problemas dentários, pois são duas coisas completamente distintas em termos de ponto de partida para um tratamento.
Quanto ao travamento, quando ele ocorre por problemas no disco articular, por exemplo, costuma melhorar um pouquinho ao longo do tempo. Às vezes a pessoa chega inclusive a ficar sem dor por algum tempo e com uma abertura de boca razoável, mas quando isso acontece não quer dizer que o problema tenha realmente melhorado, pois normalmente isso é resultado da ocorrência de ainda mais danos aos ligamentos internos. Com o tempo, novos sintomas costumam aparecer, conforme descrevi no texto de abertura deste tópico.

Att.,
Marcelo Matos

Há uns 3 meses começaram a aparecer uns estalos no meu maxilar abro a boca e quando mastigo é horrível.
o q deve ser isso?

Ola doutor minha filha tem seis meses e de um dias pra ca ela comecou a estalar o maxilar o que devo fazer obrigado

Fernando

Tenho um caso similar em uma criança de 04 meses, onde descobri que a criança havia sido derrubada no parto e sofrido um trumatismo na mandíbula. Aliás, essa é a principal causa de estalos em crianças pequenas, pois pode provocar uma fratura da cartilagem condilar, bem como outros danos.
Em termos práticos, o tratamento é apenas sintomático, ou seja, se você notar que isso produz desconforto/dor ao mamar e/ou quando começar a mastigar, relate ao pediatra para que seja feita alguma medicação analgésica.
Em paralelo, estimule o máximo que puder os movimentos mandibulares (sem forçar ou manipular), especialmente a amamentação.

Não se faz cirurgia para esse tipo de coisa a menos que a criança estivesse impossibilitada de mover a mandíbula.
Quando ela estiver maior, entre 5 e 7 anos de idade, já é possível fazer certos exames de imagens que permitirão avaliar melhor a articulação da mandíbula e, possivelmente, entrar com algum tratamento para evitar maiores sequelas.

Se você for de Salvador, terei o maior prazer em acompanhar o caso pessoalmente.

At.te,
Marcelo Matos

Dr. Ainda bem que existem pessoas como o Senhor, compromissados com seu trabalho e compreensíveis em relação aos problemas dos outros…

Tenho o mesmo problema, estalos no maxilar do lado esquerdo, sem dor ao abrir e fechar a boca, porém, sinto muitas dores de cabeça…

A matéria me ajudou muito a saber o que se passava… muito obrigado.

Valeu Wesley!

Doutor, já estou com DTM já faz 1 ano. ainda há chances de cura mesmo depois de 1 ano?

João, sim é possível a depender do diagnóstico, mas tenha em mente que a palavra “cura” tem diferentes significados para você e para mim. Dê uma lida aqui: Melhorei da minha DTM, estou curada(o)?

At.te,
Marcelo Matos

Olá Marcelo
tenho ATM sem dor por um bom tempo, já passei por vários dentistas, usei diversos tipos de aparelho e atualmente utilizo uma placa de acrilico na hora de dormir, no entanto nada faz desaparecer os estalos.
A última consulta que tive, o dentista afirmou que não tem cura, que esses estalos serão continuos por toda a vida como ocorre em pacientes com problemas articulares em membros, por exemplo.
Isso é verdade? há algo que eu possa fazer? Pois esses estalos incomodam bastante.

Jéssica, estalos podem eventualmente serem difíceis de tratar, mas é possível resolvê-los na grande maioria das vezes, dependendo do diagnóstico diferencial. Em que cidade você está?

Vitoria da Conquista -BA
Vc costuma atender em outras cidades do estado?

Não, mas poderia ser que houvesse algum colega dentista em sua cidade que eu confiasse em indicar…

Estando em Vitória da Conquista, caso tenha disponibilidade de vir a Salvador, talvez, eu pudesse lhe ajudar.

Leia aqui: Tratamento de deslocamento do disco: é possível voltar a ter uma ATM saudável?

At.te,
Marcelo Matos

Recebi indicações e fui em dra Thais Fraga, especialista em bulbomaxilo que me pediu uma panorâmica e depois uma ressonância magnética que irei fazer!
Ela me indicou Dr Alexandre Ignez para olhar minha placa de acrilico que utilizo para dormir, ele indicou uma outra placa GIG e a depender, poderei fazer fisioterapia e outra técnicas…
Conhece esses médicos?
Será um tratamento caro e tenho medo de fazer e não melhorar minha situação…

Jéssica

Não conheço os profissionais que citaste os nomes. O que, sim, conheço são as técnicas de tratamento que você descreve, entretanto não as uso.

Quanto ao tratamento ser “caro” e eventualmente não melhorar a sua situação, tenha em mente que isso não é só com ATM que acontece. Por exemplo, um paciente que vai fazer uma cirurgia cardíaca, não tem nenhuma garantia de que vá sobreviver ao procedimento, pois isto está fora do controle do médico, embora ele tenha de tomar todos os cuidados pertinentes ao procedimentos. Ou seja, há a premissa de que todos os aspectos técnicos serão realizados conforme os padrões científicos, ético e de biossegurança, nos quais normalmente se se espera os resultado mais satisfatório possível. O nome disso é obrigação de meio e os tratamentos da ATM possuem exatamente essa característica.

O que você precisa fazer para aumentar as chances de dar tudo certo é conversar com seu dentista a respeito de diagnóstico diferencial, de como o tratamento proposto está alinhado com tal diagnóstico e como será mensurado e controlado os efeitos de da cada elemento (placa, fisio, etc) em termos de recuperação da saúde da ATM e restabelecimento da neurofisiologia.

At.te,
Marcelo Matos

Tenho estalos todas as vezes que eu como ou abro a boca… chega ser constrangedor para mim pois todos que estão perto de mim ouvem… ja coloquei novamente aparelho dentario,mais meu dentista disse q n tem cura, agora o que faço com esses estalos e é dos dois lados.. o que vc me indicaria esta fazendo… pois tenho medo de fazer novamente tratamento com aparelho e n resolver…

Samara

Aparelho dentário não corrige os problemas próprios da ATM. Leia aqui:
Ortodontia: o que ela faz e não faz por sua saúde

Mas sim, existe tratamento e, para muitos casos, existe como recuperar os discos articulares. Veja aqui:
Tratamento de deslocamento do disco: é possível voltar a ter uma ATM saudável?
At.te,
Marcelo Matos

Dr. Marcelo, tudo bom?

Gostei muito do seu post. A mais ou menos um mês, venho percebendo muitos estalos no meu maxilar, no lado esquerdo o mesmo lado em que meu siso superior está nascendo. Já soube pelo meu dentista que terei que fazer a remoção deste dente, já que não há espaço para ele em minha boca. Ainda não tirei, pois depois que tirei o de baixo, fiquei com um pouco de trauma já que ele ainda estava no osso e doeu bastante para retirar, por isso ainda estou tomando coragem.

Enfim, gostaria de saber se há alguma relação entre o nascimento do siso e os estalos do meu maxilar?

Saliento que tenho bruxismo e sempre tive dor de cabeça frequente, desde pequena e os médicos dizem ser enxaqueca.

Obrigada, um grande abraço.

Aline Angélica.

Olá, Dr. Marcelo. Tudo bom?

Gostaria de saber se os estalos no maxilar pode ter alguma ligação com o nascimento do meu siso superior?

Digo isso, pois a quase um mês venho tendo muitos estalos no maxilar do lado esquerdo, justamente o lado em que meu siso está nascendo.

Há algum tempo descobri que tenho bruxismo, sei que isso pode influenciar, mas nunca tive esses estalos. Devo procurar um profissional? A retirada do siso pode melhorar isso?

Abraços,
Aline Angélica.

Aline, é mais provável que os estalos e o surgimento dos sisos tenham ocorrido no mesmo período por coincidência que por haver relação entre eles, de modo que a retirada do siso não tem correlação com o tratamento dos estalos.

Procure um profissional sim.

At.te,
Marcelo Matos

Olá Dr Marcelo, sou de Curitiba, tenho 55 anos, há vários anos o zumbido me acompanha, ultimamente sinto o ouvido ( entumecido) como se um nervo do ouvido estivesse inflamado, quando faço movimento com o maxilar para a esquerda o ouvido direito aumenta o zumbido, o mesmo não ocorre quando movimento o maxilar para a direita o ouvido direito não aumenta o zumbido. Na ultima semana visitei o dentista para checar uma dor de dente, foi diagnosticado apenas a necessidade de “desbastar” o dente inferior de trás pois havia contato com o dente superiores. Meu dentista não é especializado em ortodontia. No passado há 15 já fiz tratamento com ortodontista fiz raio x panoramica, etc etc usei aparelho, mas o zumbido não desapareceu, convivo com o zumbido mas ultimamente aumentou o volume e a sensação de ouvido inflamado e com pequena dor no ouvido aumentou. A quem recorrer em Curitiba? Grato antecipadamente por suas orientações. Francisco Gélamo

Dr ultimamente venho sentindo dores quando mastigo , abro a boca e as vezes até em falar doi .. já usei aparelho durante dois anos .. minha cabeça doi muito .. o que pode ser ?

Dentre outras coisas, uma disfunção e/ou patologia da ATM.

At.te,
Marcelo Matos

dr. eu fiz uma artroscopia hj de manha no maxilar devido a um estalo. só fiz mesmo pq o bucomaxilo disse q seria bom apesar de talvez nao parar o barulho. o problema é q nao estou conseguindo abrir a boca mais q 1 dedo e meio, quando chega no ponto em q estalava minha boca trava e se eu tentar abrir mais doi MUITO, isso é normal?? estou muito assustado

Não é normal, não. Converse com seu bucomaxilo para verificar a situação.

Olá Dr Marcelo
Tenho disfunção na ATM há 9 anos, estalos altíssimos dos dois lados, principalmente do esquerdo, já fui a um especialista em ATM e ele me disse que era devido ao deslocamento do disco e não era cirúrgico e que poderia aprender a conviver com isso. Não sinto nenhum tipo de dor quando estala, mas lendo o seu post relacionei a dores de cabeça que sinto e que sempre acreditei que se devem a muitas horas em frente ao computador devido ao meu trabalho. Desde então nunca mais procurei nenhum profissional, mas gostaria de fazer uma consulta.O senhor conhece algum especialista no Rio de Janeiro que possa me indicar? Obrigada.

Naiara, infelizmente não conheço no rio alguém que eu conheça pessoalmente o resultado do trabalho de modo que eu me sinta seguro em te indicar. No entanto há muitos especialistas em DTM e dor orofacial em sua cidade que você pode tentar localizar pelo conselho de odontologia.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

Olá Dr. marcelo,

Tem algum tempo já , estou tendo estalos no maxilar em ambos lados , sem dor . Também sinto estalos nos ouvidos ao engolir a saliva , porém também não sinto dor . O que o senhor acha que pode ser? O que me aconselha a fazer?

Desde já agradeço.

Gey, estalos no maxilar e estalos no ouvido podem indicar coisas diferentes. Por exemplo, os do maxila com frequência são fruto de alterações do disco articular e os do ouvido costuma estar relacionado com o controle de pressão do ouvido médio.

Sugiro que procure tanto um dentista especialista em DTM como um médico otorrino.

At.te,
Marcelo Matos

Desde muito tempo (tanto tempo que nem lembro com que idade começou, ou se tenho isso desde sempre), meus maxilares estalam muito. E são estalos altos. Às vezes, isso é raro mas acontece, dependendo do movimento que eu faço, sinto que as mandíbulas se deslocam um pouco e dói muito!! Os estalos me incomodam, porque sempre que abro a boca, seja pra bocejar, comer, gritar, eles soam muito alto!! Não sinto dor de cabeça, porém tenho dentes muito frágeis e eles entortaram um pouco de uns anos pra cá. Será que isso está relacionado? Será que tenho DTM?

Obrigada.

Tainá, é bem possível que esteja tudo relacionado.

At.te,
Marcelo Matos

Dr. perguntar: se uma pessoa tem uma necrose subcondral, e de repente dá aquele estalão, que parece q bateu osso com osso e depois a pessoa vem engolindo às vezes uma areia, seria o osso degenerando, ou seja, pedaços do osso onde tinha a necrose?

Bom dia Dr. Marcelo
Tenho um problema na ATM em que há um deslocamento além do limite que deveria. Consultei com um especialista e ele me indicou utilizar uma placa, estou usando a noite a placa faz quase 2 meses. Esta placa vai melhorar apenas as dores porque não sinto diferença nenhuma quanto ao deslocamento e consequentemente os estalos?
Obrigada

Juliana, os deslocamentos não são todos iguais. Há casos que não dá para recuperar o disco deslocado e outros em que isso é possível. Há casos em que não valem a pena insistir em tenar recapturá-lo (fazer o disco voltar à posição original) e há outros que recapturar o disco é o melhor a fazer. Tudo depende do diagnóstico, do que causou o deslocamento, do estado de conservação da estrutura e de outros fatores. A placa é uma ferramenta para obter tal recaptura, mas apenas quando construída para essa finalidade e monitorada por exames apropriados para medir o resultado.

Atenciosamente,
Marcelo Matos

Tem ocorrido estalos somente ao mastigar alguma coisa. Posso tranquilamente abrir e fechar a boca, porém, ao mastigar, os estalos surgem. São somente no lado direito do maxilar. Não há nenhuma dor e também nenhum dos sintomas que você descreveu.

Comente sobre este assunto

Notifique-me sem que eu precise comentar: